Seminário do Grupo CLE Auto-Organização

Seminários Grupo CLE Auto-Organização

O papel da inferência ativa no aprendizado de máquina e sua relação com a semiótica

Nas duas últimas décadas, a rápida evolução do aprendizado de máquina a partir de redes neurais vem surpreendendo por seus bons resultados, ao ponto de ter se tornado o paradigma dominante na pesquisa sobre inteligência artificial. Na base deste método repousa, porém, um princípio pouco conhecido e ainda bastante obscuro: o princípio da minimização da energia livre, também chamado de inferência ativa, proposto pelo neurocientista Karl Friston.

Fenomenologia e Ontologia do Acaso e da Auto-Organização da Natureza em Peirce: Consequências Epistemológicas e Heurísticas

Iniciarei esse seminário pela exposição da Fenomenologia de Peirce, a teoria geral das categorias da experiência, da qual se originará sua ontologia realista. Dela nascerá o conceito ontológico de Acaso de que decorrerá uma série de outras doutrinas ontológicas, entre elas, a formação das leis da Natureza, como um processo de Auto-Organização pela tendência à formação de hábitos.

Cosmovisões e vácuo existencial na contemporaneidade – uma abordagem semiótica

Através de uma abordagem semiótica e da premissa de que o cinema é capaz de expressar de forma evidente as cosmovisões prevalentes no seu tempo, o presente ensaio pretende contribuir para a reflexão sobre o sofrimento mental contemporâneo.

The influence of Big Data in contemporary science: methodological and ethical implications

To what extent have techniques for recording and analysing massive amounts of data, also known as Big Data, influenced ethics and scientific methodology? This question guides the present philosophical-interdisciplinary reflection concerning the contemporary digital culture. We investigate the concepts of causality and correlation, arguing that data, organized by mining, analysis, and modelling techniques, may show correlation, but not necessarily causality.

Relações entre Indivíduo, Sociedade, Natureza e Cultura no Lobo do Mar

Analisamos as ideias dos personagens de um livro de literatura americana de um conhecido autor de língua inglesa, JackLondon, pela simplicidade narrativa e riqueza descritiva dos personagens de seu clássico “O Lobo do Mar”, com base em diagrama geométrico plano, como modo de representação defenômenos no campo da linguagem e da psicologia, buscando exemplificar a aplicação de um modelo lógico e diagramático das relações entre Indivíduo-Sociedade e Natureza-Cultura.

Estudo de sistemas sociais a partir da teoria da auto-organização: contribuições e problemas

O objetivo central deste trabalho é analisar e discutir possíveis contribuições e eventuais limites do estudo de sistemas sociais na perspectiva dos sistemas complexos, com ênfase na teoria da auto-organização.

Colaboradores: Maria Eunice Q. Gonzalez, Guiou Kobayashi, Jose Artur Q. Gonzalez

As matrizes trivalentes de Charles Peirce

 
Neste Seminário apresentarei as matrizes trivalentes propostas por Peirce, em 1909, antecipando a criação de todas as lógicas polivalentes conhecidas na literatura. Discutirei algumas possíveis motivações e relações com auto-organização, e analisarei a visão inovadora de sua proposta, que incorpora a possibilidade, não apenas da polivalência, mas também da criação das lógicas intuicionistas e paraconsistentes.
 
...

Cadernos de História e Filosofia da Ciência (CHFC)

COLEÇÃO CLE

Manuscrito - Revista Internacional de Filosofia

CLE"