Fundação e história da Revista Kant e-Prints

Fundada em 2002, pela Seção de Campinas da Sociedade Kant Brasileira (SKB), essa publicação tinha por objetivo inicial levar ao público a produção dos membros e colaboradores do grupo Kant de Campinas, cujos membros vinham desenvolvendo, na sua maioria, trabalhos relacionados à interpretação semântica do criticismo kantiano. Definida como publicação eletrônica de preprints, a 1ª série da Kant e-Prints visava tornar públicos textos que passaram por um parecerista, escolhido entre os membros de um Conselho Editorial ou apontado ad hoc, mas que, refeitos ou não, iam ser publicados, de forma definitiva, em outro veículo. Pensava-se mais, portanto, em divulgação de projetos em andamento, iniciados a partir da fundação da Seção de Campinas, em 1994, do que em publicação de resultados considerados definitivos.

Muito rapidamente, contudo, Kant e-Prints atraiu a atenção de colaboradores na comunidade kantiana do Brasil e mesmo fora do país, que contribuíram com trabalhos significativos e acabados. No mesmo período, a produção brasileira sobre Kant passou a crescer de modo exponencial, destacando-se, no âmbito da comunidade filosófica brasileira, tanto pela qualidade como pela quantidade de seus trabalhos – à produção da geração dos fundadores da SKB somava-se a dos jovens pesquisadores, cujo interesse pelo filósofo alemão era estimulado, em parte, pela crise do marxismo e da filosofia da ciência de tradição analítica, e amparado pela criação de novos cursos de pós-graduação em filosofia e pelo fortalecimento do mais antigos. Esse desenvolvimento refletiu-se em uma série de eventos nacionais e internacionais promovidos pela SKB e nos Colóquios Kant da Seção de Campinas da Sociedade Kant Brasileira, iniciados em 1999 com o apoio do Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e do Centro de Lógica e Epistemologia (CLE) da mesma universidade, e culminou na realização, pela SKB, em setembro de 2005, em São Paulo, do X Congresso Kant Internacional.

Diante desse quadro, que revelou uma demanda crescente por novos espaços de publicação de trabalhos na área de estudos kantianos, a Seção de Campinas da SKB decidiu iniciar uma segunda série de Kant e-Prints, desta vez com todas as características de uma revista eletrônica de plenos direitos: periodicidade regular, consulta a dois pareceristas aplicando o duplo-cego, conselho editorial ampliado e internacionalizado, normatização dos textos etc. Os objetivos da publicação foram modificados de acordo, aceitando-se trabalhos sobre Kant e a herança kantiana submetidos por todos os que, no Brasil e no exterior, desejam contribuir para esses domínios de estudos acadêmicos. De órgão de uma seção regional da SKB, Kant e-Prints passa a ser uma revista de caráter internacional, desvinculada de qualquer linha de pesquisa particular, editada segundo normas acadêmicas vigentes, relativas à padronização e à qualidade, e em diferentes línguas da cultura ocidental: portuguesa, italiana, inglesa, francesa, espanhola e alemã. Assim foi lançada a 2ª série da revista Kant e-Prints em 2006.

A presente iniciativa e continuidade do projeto não seria possível sem o apoio da Coordenação do CLE da UNICAMP e da colaboração do pessoal do Setor de Publicações dessa instituição, aos quais registramos aqui os nossos mais sinceros agradecimentos.

Zeljko Loparic & Daniel Omar Perez