Arquivos Históricos do CLE recebe acervo pessoal do geneticista Newton Freire Maia

Versão para impressãoVersão para impressão

A seção de Arquivos Históricos do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE) da Unicamp recebeu parte do acervo pessoal do geneticista Newton Freire Maia (1918-2003), ex-professor da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A série de documentos, que está sendo esmiuçada e catalogada pela Unicamp, contém principalmente correspondências entre Newton Maia e outros pesquisadores e familiares.

Os familiares de Newton Freire Maia iniciaram as tratativas com o CLE oferecendo a doação desse material em junho de 2017, sendo concretizada recentemente. A preocupação da família era com a preservação da coleção, e optou procurar o CLE por conta da referência como espaço de preservação da memória científica brasileira.

Newton Freire Maia
Newton Freire Maia em sua sala na UFPR, em dois momentos de sua vida

O material foi buscado no Paraná, e já está sendo triado e catalogado por técnicos do CLE de acordo com o ano e tema. Parte da coleção é formada por recortes de jornais, fotos e documentos institucionais, inclusive sua defesa de um processo administrativo configurado como perseguição política dentro da UFPR durante a ditadura militar. “Um dos principais objetivos desse trabalho inicial é identificar que tipos de documentos vieram, podendo reconstituir as atividades que ele desenvolveu ao logo da vida dele”, explica Ricardo Godoi Oliveira, funcionário do CLE, que atua na catalogação do arquivo.

Outros documentos presentes no material são referentes ao processo de criação do Departamento de Genética da UFPR, do primeiro núcleo de estudos sobre etologia no Brasil, e o pré-projeto de criação da Sociedade Brasileira de Genética. “A ciência está sempre perpassando por várias áreas, não sendo estaque. Nesse arquivo podemos recuperar a ideia original da ciência como interdisciplinar e dialogando com diversas áreas”, explica Eliane Morelli Abrahão, responsável pelos Arquivos Históricos do CLE.

Ricardo Godoi Oliveira, técnico do CLE, cataloga acervo pessoal de Newton Freire Maia
Ricardo Godoi Oliveira, técnico do CLE, cataloga acervo pessoal de Newton Freire Maia

Newton Freire Maia foi pioneiro na área de genética no Brasil, e se correspondia com diversos cientistas de sua época, como Oswaldo Frota Pessoa, Crodowaldo Pavan, Francisco Salzano, e Francisco Saez. Também foram identificadas trocas de mensagens com pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP, do Instituto Agronômico de Campinas, e menções ao ex-reitor da Unicamp Zeferino Vaz.

O acervo de Newton Freire Maia será a 26ª coleção do Arquivo Histórico do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência, que completa 30 anos de atuação. Além da preservação da memoria da ciência brasileira, as coleções administradas pelo arquivo do CLE servem como instrumento de consulta e subsídios para pesquisas.