Cadernos de História e Filosofia da Ciência: Série 3, volume 9, n. Especial - janeiro a dezembro de 1999

Versão para impressãoVersão para impressão
imagem: 
Cadernos de História e Filosofia da Ciência: Série 3, volume 9, n. Especial - janeiro a dezembro de 1999 Aristóteles As Partes dos Animais – Livro I Lucas Angioni (Trad. e comentários) O livro I das Partes dos Animais consiste num dos principais pronunciamentos filosóficos de Aristóteles a respeito das ciências naturais. Aristóteles apresenta o seu hilemorfismo como modelo de explicação científica e discute questões como a compatibilidade entre necessidade e teleologia, a complexa relação de interdependência entre as quatro causas, a redutibilidade de certas causas a outras, os parâmetros para uma classificação racional dos animais, etc. A questão central consiste em saber como é possível conhecer de maneira científica o mundo dos animais. Mas os pronunciamentos de Aristóteles adquirem alcances filosóficos mais amplos: Aristóteles procura demarcar a fronteira entre, de um lado, um tipo de competência estritamente científica e, de outro lado, uma racionalidade crítica capaz de julgar os princípios e parâmetros a serem utilizados nas ciências em geral. Além de oferecer essa distinção entre, de um lado, um conhecimento científico de um assunto particular e, de outro, uma formação filosófica voltada para princípios universais, o texto também se preocupa em responder por que devemos buscar conhecer o mundo que nos cerca. Por outro lado, na medida em que os animais constituem, aos olhos de Aristóteles, exemplos privilegiados de ousiai naturais, o livro I das Partes dos Animais se apresenta como leitura obrigatória para uma compreensão meticulosa de textos de central importância na filosofia aristotélica, como os livros I e II da Física e os livros VII e VIII da Metafísica.
Cadernos: 
Price: 
R$10,00
Stock: 
9.00
Disable stock for this product: 
0