Publicações Grupo AO - Coleção CLE v.18, 1996

Versão para impressãoVersão para impressão

Auto-organização: estudos interdisciplinares. Coleção CLE, v.18, 1996

Coleção CLE, v.18, 1996
455 p.
Organizadores: M.M. Debrun, M.E.Q.Gonzalez, O. Pessoa Jr.

Este é um livro que trata da auto-organização. Diferentes definições têm sido dadas para essa idéia, que corresponde a uma intuição vaga e excitante de que novas estruturas podem emergir, se desenvolver ou se reordenar essencialmente a partir delas próprias. Mas como isso seria possível? Será mesmo que existe algo como “auto-organização”, que não seja justificável a partir das modalidades correntes da explicação?

O leitor está convidado a desvendar este mistério a partir de sua própria área de conhecimento. Dezessete artigos das mais diver­sas áreas são apresentados, percorrendo Filosofia, Lógica, Computação, Física, Biologia, Ciência Cognitiva, Desenvolvimento Motor, Lingüística, Psicologia, Administração e Música, e estando permeado de Ciências Sociais.

As reuniões sobre “Auto-Organização e Informação” que deram origem a este volume vêm se desenvolvendo desde 1991 no Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE) da UNICAMP, tendo herdado sua problemática dos seminários multi­discipli­nares sobre “Ordem/Desordem” organi­zados a partir de 1986.

Michel Debrun, filósofo, é professor titular e emérito da Unicamp. Chegando ao Brasil em 1956, lecionou em várias universidades. Foi também perito em planejamento educacional pela UNESCO (Brasil e Irã). Coordena atualmente o grupo de estudos de autoorganização no CLE.

Maria Eunice Quilici Gonzales doutorou-se em Filosofia (1989) pela Universidade de Essex, Inglaterra, e é professora do Departamento de Filosofia da UNESP, Marília, onde desenvolve pesquisas sobre modelos computacionais da mente.

Osvaldo Pessoa Jr. doutorou-se em História e Filosofia da Ciência (1990) pela Indiana University, EUA, e é pesquisador associado junto ao Instituto de Física da USP, trabalhando com o Ensino da Mecânica Quântica.


Apresentação
What This Book Is About
Prefácio

Parte I – Pesquisa Filosófica sobre o Conceito de Auto-Organização
  1. Michel M. Debrun, Idéia de auto-organização
  2. Michel M. Debrun, Dinâmica de auto-organização primária

Parte II – Estudos Lógicos, Matemáticos e Computacionais sobre a Auto-Organização
  1. Walter A. Carnielli, Auto-organização em estruturas combinatórias
  2. Antônio M. Sette, Máquinas de Brouwer e auto-organização
  3. Jairo J. da Silva, Informação e auto-organização
  4. Osvaldo Pessoa Jr., Medidas sistêmicas e organização

Parte III – Auto-Organização nas Ciências Naturais
  1. José Roberto C. Piqueira, Estabilidade estrutural e organização
  2. Roberto Luzzi e Áurea R. Vasconcellos, Estruturas dissipativas auto-organizadas: um ponto de vista estatístico
  3. Alfredo Pereira Jr., Romeu C. Guimarães e João C. Chaves Jr., Auto-oganização na bologia: nível ontogenético

Parte IV – Auto-Organização nas Ciências Cognitivas, no Comportamento e na Lingüística
  1. Maria Eunice Q. Gonzales, Ação, causalidade e ruído nas redes neurais auto-organizadas
  2. Ana Maria Pellegrini, Auto-organização e desenvolvimento motor
  3. Eleonora C. Albano, Auto-organização e ontogênese dos sistemas fônicos
  4. Amélia Império-Hamburger, Maria Isabel Pedrosa e Ana Maria A. Carvalho, Auto-organização em brincadeiras de crianças: de movimentos desordenados à realização de atratores

Parte V – Auto-Organização em Administração e em Ciências Sociais
  1. Ettore Bresciani Filho, Organização informal, auto-organização e inovação

Parte VI – Auto-Organização na Produção Artística
  1. Iulo Brandão, Unidade e diversidade como correlatos da ordem e da desordem no campo da estética
  2. Najat N. Gaziri, Música e auto-organização
  3. Jônatas Manzolli, Auto-organização: um para­digma composicional