O emblemático filósofo Jaakko Hintikka vai abrir evento do CLE na Unicamp

Versão para impressãoVersão para impressão

Com a presença do professor Jaakko Hintikka, figura emblemática da filosofia no século XX, a Unicamp abre nesta quinta-feira (17) o evento Model-Based Reasoning in Science and Technology (MBR’09). “É o quinto de uma série de encontros internacionais sob a temática do raciocínio e modelos utilizados na ciência em geral, como na medicina, filosofia, computação, lingüística e argumentação. Teremos cerca de 80 participantes de mais de dez países”, informa o professor Walter Carnielli, diretor do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE) da Unicamp.

O MBR’09 é uma promoção do CLE em conjunto com a Sociedade Brasileira de Lógica, a Universidade de Siena e a Universidade de Pavia – os organizadores principais são Carnielli e o professor Lorenzo Magnani. As atividades do primeiro dia serão realizadas no auditório do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) e, as de sexta-feira e sábado, no Hotel Royal Palm Tower, no centro de Campinas. Veja mais informações e a programação em http://www-3.unipv.it/webphilos_lab/courses/progra4.html

Jaakko Hintikka, ganhador do Prêmio Schock (considerado o Nobel da Filosofia), vai dar a conferência de abertura: “Logic as a theory of computation”. Professor da Universidade de Boston, ele já esteve no Brasil em 2008 para um congresso na cidade fluminense de Paraty e, segundo Carnielli, gostou tanto da recepção que se dispôs a voltar agora, prestes a completar 81 anos de idade. “Morando nos Estados Unidos e tendo a família na Finlândia, sua disposição para viajar não é a mesma. É uma honra que tenha aceitado vir”.

O diretor do CLE explica que Hintikka possui um trabalho importante em lógicas epistêmicas e deônticas, que na verdade é uma especialização da lógica modal. “Foi o primeiro a notar a existência de uma lógica da crença e de uma lógica do conhecimento. Quando colocadas em termos da lógica modal, as formas como as pessoas gerenciam a crença e o conhecimento passam a integrar uma imensa família de lógicas que hoje permeiam desde a filosofia até a computação”. 

Professor do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), Walter Carnielli conhece bem o tema e acaba de publicar um livro sobre lógica modal e multimodal (“Modalities and Multimodalities”, Editora Springer), juntamente com o colega italiano Claudio Pizzi, da Universidade de Siena e também do comitê organizador do MBR’09. “É uma área que estamos começando a estudar no Brasil, aqui na Unicamp e na USP, o que torna ainda mais importante a presença de Hintikka entre nós”.

Carnielli acrescenta que Jaakko Hintikka destacou-se ainda com seus trabalhos sobre Aristóteles e em uma proposta nova que denominou independence-friendly logic (ou “lógica amigável da independência”, em tradução forçada). “Trata-se do fundamento de uma visão bem mais abrangente da lógica, um alargamento de horizonte em que se consegue trabalhar também com lógica quântica. O tema que interessa de perto a nós da Unicamp, tanto que em novembro foi defendida uma tese sobre como o universo da física quântica permite uma nova abordagem na computação”.

O MBR’09 traz outros palestrantes de renome, como John Woods, da Universidade de Colúmbia Britânica, pesquisador envolvido com a questão da argumentação, que tanto interessa à filosofia e linguística – coincidentemente, outro livro que Walter Carnielli acaba de lançar, em coautoria com Richard Epstein, aborda esse tema: Pensamento crítico – “O poder da lógica e da argumentação” (Editora Rideel). “Isso é sinal de que estamos focando temas internacionais, o que explica um pouco o fato de a Unicamp estar crescendo no ranking de universidades”.

Para Carnielli, nomes como de Paul Thagard (Universidade de Waterloo), que atua com modelos de computação, e do russo Valentin Bazhonov, que falará sobre lógica paraconsistente, também ajudarão a elevar o nível do encontro. “Convém destacar que não vamos nos restringir ao evento, pois os resultados serão publicados em livro pela Editora Springer (na série “Studies in Computational Intelligence”) e em volume do Journal of Algorithms in Cognition, Informatics and Logic. É preciso dizer, também, que foi a ampla experiência e competência da equipe do CLE na organização de eventos que levou o grupo europeu a sugerir a Unicamp como sede”.