Sistema, estrutura, significação. Alguns paralelos filosóficos nas teorias neokantiana e estruturalista da linguagem

Autores

  • Christian Möckel Humboldt-Universität zu Berlin – Berlin, Germany

Resumo

No presente artigo serão discutidas algumas abordagens e explicações comparativas dedicadas à moderna teoria da linguagem, que podem ser encontradas tanto no filósofo neokantiano do símbolo Ernst Cassirer como nos linguistas estruturalistas Nikolaj Trubetzkoj e Roman Jakobson, que frequentemente se referem a Ferdinand de Saussure. Com esta finalidade, recorreremos a conceitualizações inovadoras usadas em comum no pensamento filosófico da primeira metade do século XX, tais como forma, estrutura, sistema, sinal, sentido ou significação e expressão, que determinam as respectivas teorias da linguagem. Entre outras coisas, as evidências provam que certos novos princípios de pensamento e terminologias são avanços em diferentes disciplinas científicas e meios culturais, sem que seus descobridores ou representantes se refiram uns aos outros, ou mesmo que conheçam uns aos outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-10-13

Como Citar

MÖCKEL, C. Sistema, estrutura, significação. Alguns paralelos filosóficos nas teorias neokantiana e estruturalista da linguagem. Kant e-Prints, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 38–61, 2021. Disponível em: https://www.cle.unicamp.br/eprints/index.php/kant-e-prints/article/view/1556. Acesso em: 28 jun. 2022.