Estudos Neokantianos, de Mario Ariel González Porta

Autores

  • Lucas A. D. Amaral Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – São Paulo, Brasil

Resumo

Talvez “redescobrimento” seja uma caracterização adequada para designar o status do movimento neokantiano atualmente. Se, por um lado, o neokantismo tem recebido uma maior atenção em diversos lugares da Europa, América do norte, Ásia, e em alguns países da América Latina, por outro, na ainda jovem cultura filosófica brasileira, o estudo desse importante e decisivo movimento é algo atípico dentro de nossas instituições de ensino, para dizer o mínimo. De fato, a quantidade de trabalhos acadêmicos, artigos e livros sobre as filosofias de autores como Cassirer, Windelband, Cohen, Lask, Natorp, Rickert e tantos outros que fizeram parte desse plural movimento filosófico está muito aquém do que eles realmente merecem. Sem dúvidas, esse “acerto de contas” com tais personagens seria uma tarefa muito mais árdua se não tivéssemos à nossa disposição os Estudos Neokantianos, do Professor Mario Ariel González Porta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-10-13

Como Citar

A. D. AMARAL, L. Estudos Neokantianos, de Mario Ariel González Porta. Kant e-Prints, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 310–317, 2021. Disponível em: https://www.cle.unicamp.br/eprints/index.php/kant-e-prints/article/view/1569. Acesso em: 27 nov. 2021.