Proposições fulcrais: as observações de Wittgenstein sobre seguir regras e a semântica transcendental

Autores

  • Darlei Dall'Agnol Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

O trabalho discute a natureza dos juízos sintéticos a priori, tema central de uma semântica transcendental, associando-os ao que Wittgenstein considera proposições fulcrais. Em primeiro lugar, apresenta as diversas posições da filosofia analítica sobre a existência ou não desse tipo de juízo, incluindo a da semântica transcendental tractariana. Em segundo lugar, reconstrói as principais características desses juízos em Kant, salientando a sua necessidade, e mostrando que elas estão em conflito com alguns desenvolvimentos científicos contemporâneos. Em terceiro lugar, sustenta que através da concepção de proposições fulcrais, Wittgenstein nos apresenta uma descrição mais adequada de proposições que são verdadeiras independentemente da experiência no contexto de uma epistemologia falibilista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-07-01

Como Citar

DALL’AGNOL, D. Proposições fulcrais: as observações de Wittgenstein sobre seguir regras e a semântica transcendental. Kant e-Prints, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 1–17, 2005. Disponível em: https://www.cle.unicamp.br/eprints/index.php/kant-e-prints/article/view/324. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos