Das diferentes raças humanas, de Immanuel Kant

Autores

  • Alexandre Hahn Universidade Federal do Pará

Palavras-chave:

Kant, Raça

Resumo

No reino animal, a divisão natural em gêneros [Gattungen] e espécies [Arten] fundase na lei comunitária da reprodução [Fortpflanzung], e a unidade dos gêneros não é outra coisa que a unidade da força procriante [zeugenden Kraft], que vale universalmente para uma certa diversidade de animais. Por isto, a regra | buffoniana, a qual afirma que animais que procriam [erzeugen] conjuntamente crias [Junge] férteis pertencem a um único e mesmo gênero físico (não importa a diferença de feição [Gestalt] que os mesmos possam ter), na verdade, tem de ser vista apenas como a definição de um gênero natural de animais em geral, em contraste a todos os gêneros escolares dos mesmos. A divisão escolar se baseia em classes e divide por semelhança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-01-01

Como Citar

HAHN, A. Das diferentes raças humanas, de Immanuel Kant. Kant e-Prints, [S. l.], v. 5, n. 5, p. 10–26, 2011. Disponível em: https://www.cle.unicamp.br/eprints/index.php/kant-e-prints/article/view/414. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Traduções