Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

E-Books

Versão para impressãoVersão para impressão

Coleção CLE

A Coleção CLE dirige-se especialmente ao público brasileiro e latino-americano interessado nas áreas de Lógica, Epistemologia, Metodologia e História das Ciências. É uma coleção de livros, com títulos anuais, que publica seus conteúdos selecionados a partir de pesquisas originais, tais como dissertações e teses de importante relevância na área do conhecimento. Disponibilizamos alguns volumes no formato e-book.

Acesse para baixar: www.cle.unicamp.br/ebooks/

 

Volume 86: "Wittgenstein in/on translation" 

Oliveira, Paulo; Pichler, Alois e Moreno, Arley (eds.) 

ISBN 978-85-86497-40-7 / 978-85-86497-42-1 (e-book), CLE/Unicamp, 1a. Edição (2019)

"One of the main sources of contemporary analytic philosophy, the work of Austrian-British philosopher Ludwig Wittgenstein impacted neighboring ­elds not only in philosophy but also in areas like semiotics, linguistics, education and translation studies, even though such in‑uence is not always clearly visible or explicitly recognized – especially where this happened indirectly. Coming from these dierent areas, the contributors to this volume share a large experience of reading Wittgenstein – through their own research interests – and, to a great extent, also in dealing with translational questions. e topic translation serves them here as a common theme to be addressed from their particular perspectives, with sometimes complementary, sometimes con‑icting results. The Wittgenstein in translation variant involves analyzing translations of the Wittgensteinian body of work now available in several languages, by the criteria that guided the process. It also involves taking up the texts translated or revised by the author himself, which are of a signi­cant number in his Nachlass, whose electronic version is available online from the Wittgenstein Archives of the University of Bergen/Norway, host of the 2017 meeting that gave rise to this volume. Also guiding the Wittgenstein on translation variant is the philosopher’s perspective(s) on what translation is and how language works. What does ‘translating’ mean? Does it depend on how we conceive language itself? What Wittgensteinian concepts can be mobilized for a better understanding of the notion and practice of translating in dierent ­elds of application? ese are some of the questions tackled here. is book is an eort not only in international cooperation, but also in intercultural communication. It is written in English, which – as lingua franca – is the mother tongue of none of the contributors. It is also a result of long-term exchanges between Brazilian researchers and their European (and Latin-American) fellows, spread over many countries, but gathered around the common interest in Wittgenstein’s philosophy. Arley Ramos Moreno, one of the guest editors, left us before the book was ­nished – an additional reason for us to remember the Wittgenstein Colloquia he organized for many years at Unicamp, gathering many of the leading voices in the ­eld in both sides of the Atlantic, their results being usually published by Coleção CLE. is book, which we in a way dedicate to him, is certainly in line with that tradition."

 

Volume 83: "Multilinguismo no Mundo Digital: Trajetórias Iniciais"

Cláudia Marinho Wanderley, Kachia Téchio, Guilherme dos Santos Carneiro e Vinícius Ferreira Costa (eds.)

ISBN 978-85-86497-34-6 / 978-85-86497-33-9 (e-book) , CLE/Unicamp, 1ª Edicação (2017)  

"Ver este livro pronto me alegra. Porque ele fala do início de um processo que já soma quase dez anos de projetos, acertos e erros ligados ao tema. Instalada no interesse da pesquisa científica e guiada pela curiosidade e boa dose de teimosia atravessei – praticamente sem perceber - várias questões ligadas ao modo tradicional da divisão do trabalho intelectual no Brasil, e neste período trabalhei por três diferentes centros de pesquisa da UNICAMP, onde desenvolvi habilidades e conhecimentos importantes para minha trajetória intelectual e para a compreensão do tema. Apresento portanto o início minha trajetória inicial sobre o tema Multilinguismo no Mundo Digital, que parte de uma educação superior em letras, linguística e linguística computacional. E como questões ligadas a noções de linguagem, língua, proficiência, território, estado, tecnologia, democracia, etc. foram se deslocando, na medida em que a discussão e os trabalhos avançaram. Hoje, estes textos me parecem importantes porque mostram justamente a parte inicial da trajetória que percorri da teoria da linguagem para a filosofia temática e uma discussão a respeito de sistemas complexos e auto-organização. É preciso deixar claro que só foi possível sob o signo inequívoco das novas tecnologias e do que essa estranha novidade pode nos fazer pensar em relação às línguas, culturas e aos nossos interesses como acadêmicos e como seres humanos. As diferenças culturais e linguísticas no Brasil não se referem apenas a nossa relação com as etnias ameríndias, ou com as populações africanas escravizadas, ou com os imigrantes, esses outros nem sempre visíveis mas evidentes na nossa história. Ao pensar estas pluralidade de línguas e culturas [são estimadas aproximadamente sete mil línguas vivas no mundo hoje 2016] as relações se abrem em leque na direção de diversas comunidades que passam por situações semelhantes às que vivemos. Meu maior aprendizado vem sendo pensar modos de promover intercâmbio de línguas e culturas visando o bem comum, de maneira solidária com diferentes sociedades e na nossa própria sociedade. Ao me posicionar como pesquisadora, as diferenças linguísticas e culturais certamente estão presentes nas tradições e culturas acadêmicas de cada país. E trabalhar com Wanderley, Cláudia. Multilinguismo no Mundo Digital. Edição Especial Comemorativa, pp. 7-132, 2016.8 Multilinguismo no Mundo Digital esta temática e com quem pensa questões análogas implica necessariamente em aprender a trabalhar dentro deste cenário ou ao menos a considerá-lo. Este livro, é uma bela pista de que é possível trabalhar bem em rede, na universidade brasileira, em São Paulo, e particularmente na Unicamp. Eaqui agradeço ao Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência por ter dado uma casa para este tema, que me é tão caro. O CLE potencializou e expandiu a dinâmica de interlocução e os modos de entender os fenômenos através da filosofia temática. Especialmente em 2016, a luz do primeiro acordo da Unicamp com o povo Paiter Suruí, é preciso salientar a potêncialidade desta temática. Agradeço também a boa vontade e disposição pessoal da Profa. Itala D'Ottaviano e do Prof. Walter Carnielli, pela amizade e apoio sem o qual nada disso seria possível. Agradeço também pelo ambiente acolhedor do CLE (quem trabalha com pesquisa sabe a diferença que isto faz) no qual encontrei a possibilidade dar andamento aos meus interesses de pesquisa ligados ao Multilinguismo. E sobretudo aos queridos colegas e interlocutores que trocam comigo há aproximadamente dez anos, ideias, sentimentos e utopias."

 

 

 

Erro | www.cle.unicamp.br

Menssagem de erro

  • Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /usr/local/www/drupal7/includes/common.inc:2820) em drupal_send_headers() (linha 1501 de /usr/local/www/drupal7/includes/bootstrap.inc).
  • ParseError: syntax error, unexpected 'de' (T_STRING), expecting ')' em cck_allowed_values_php() (linha 2 de /usr/local/www/drupal7/sites/all/modules/cck/cck.module(304) : eval()'d code).

Erro

Ocorreu um erro inesperado no site. Por favor tente novamente mais tarde.